sábado, 31 de outubro de 2015

Resenha: A Noite das Bruxas

Hi! Hello! E ai, tudo bem?
Olá, seres! Como anda de vida? Tudo nos trinques? Até que eu voltei cedo comparada as demais vezes, não é? Ou seja: algo positivo. Ah, e um feliz dia das bruxas à todos vocês! Espero que tenham tido (isso soa tão estranho) uma semana horripilante (lembrei da época em que eu era fanática por Monster High). Bom, resolvi fazer um especialzinho de Halloween aqui no blog (com os devidos créditos de inspiração à dona Kaory). Já faz um tempo que eu li um livro relacionado a essa data e logo pensei em fazer uma resenha sobre ele por aqui. Então, sem mais, bora pra luta, senpai!

Título Original: Hallowe'en Party
Número de Páginas: 228
Editora: L&PM
Autora: Agatha Christie
Sinopse: Era a vez da viúva Rowena Drake ser a anfitriã da tradicional festa de Halloween do vilarejo. Durante os preparativos, Joyce, uma irrequieta menina de treze anos, gaba-se por já ter testemunhado um assassinato. Ninguém lhe dá ouvidos e tudo transcorre bem em meio a brincadeiras do dia das bruxas, até que um crime interrompe a diversão. Hercule Poirot prepara-se para uma noite entediante quando é surpreendido por uma ligação aflita de sua velha amiga e escritora de livros policiais Ariadne Oliver, convicta de que só ele poderia desvendar esse mistério antes que um novo crime aconteça... Publicado em 1969, A noite das bruxas é um romance da maturidade de Agatha Christie e uma das últimas obras escritas pela Rainha do Crime.

Resenha: A festa de Halloween da Sra. Drake tinha tudo para dar certo: toda as decorações estavam em seus devidos lugares, os preparativos para o snapdragon não tinha nada no que dar errado e as bacias, que estavam cheias d'água, se tornava uma piscina para as maçãs... Ou, quem sabe, uma piscina para a morte? Joyce Reynolds é encontrada morta por afogamento durante a festa com a cabeça enfiada dento de uma das bacias. Sem saber mais a quem recorrer, a escritora de romances policiais Ariadne Oliver resolve chamar um velho amigo para investigar o caso, sendo ele ninguém mais, ninguém menos do que Hercule Poirot. Entre acontecimentos do passado e do presente, ele fará o possível para descobrir quem assassinou a jovem antes que mais uma tragédia aconteça.

Minha Opinião: admito que eu criei altas expectativas com esse livro. Primeiramente, porque se tratava de algo elabora pela tão aclamada Rainha do Crime; segundamente, se tratava de um romance policial. A história foi muito bem elaborada e a cada capítulo eu tinha a sensação de que estava enlouquecendo cada vez mais. Eu passava horas e horas do meu dia imaginando quem seria o assassino, até finalmente descobrir quem era um dos culpados e pensar: "Meu Deus, eu sou muito idiota." porque estava na cara o tempo todo. Pois é, amigos, eu fui enganada pela Srt. Christie. Agora, chegou a hora de falar do nosso amado detetive belga: monsieur Poirot. Acho que nunca encontrei um personagem tão fucking em todos os livros que já li, realmente. Ao meu ver, ele é o tipo de ser com mente única, que segue à moda antiga do chapéu coco, junto ao seu bigodinho um tanto quanto engraçado. Enfim, de 1 a 10, acho que esse livro ganharia a nota 9,5. Eu senti que em alguns momentos a história parecia não fluir. Talvez fossem algumas cenas do passado que ajudaram no desenrolar da história, mas tirando isso, o livro não deixar de ser ótimo.

Isso é tudo, pessoal! E ai, já tinha lido algum livro da Agatha? O que acharam do mesmo? Me contem! Por enquanto é só, meus caros. Um beijo, um queijo, um franganote, um senpai que te note e até mais!

6 comentários:

  1. Olá e aí, beleza? Não sou fã de hallowen, nem de bruxas, nem de nada místico, então não compraria nada sim, além de ser muito medrosa, então não, mais que bom que no final você gostou é tão ruim, quando criamos expectativas e elas não são supridas.

    Abç, yeah-dreamhigh.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Tô de boas, e você, moça?
      Sério? Cara, eu tenho uma fissura anormal pelo Halloween! Sério, chega a ser tipo uma doença, entende '-'?
      Nem chega a ter algo "macabro" ali dentro, mas tem bastante mistério <3.
      Pois é, que bom que o final foi satisfatório ^^. É realmente ruim quando as expectativas são altas demais :/.
      Um beijo, um queijo, um franganote, um senpai que te note e até mais ♡!

      Excluir
  2. ALOOOOOOOO! Que saudades de você por aqui ou pelo face, caran ;--; ahauahaua
    Não gosto de Halloween, acho uma data qualquer e boba, pode me julgar.
    Mas com certeza eu leria esse livro, pelo simples fato de que é de uma das minha autoras favoritas: AGATHA FUCKING CHRISTIE ♥♥♥ E tem o Poirot, cara como eu amo ele <3 É um dos meus personagens fictícios favoritos, sério, a personalidade dele é única e maravilhosa :3
    A história do livro parece ser realmente interessante, principalmente por que você disse que o personagem é alguém óbvio, mas difícil de descobrir! É tipo isso o que acontece em "O Assassinato de Roger Ackroyd".
    Quero ler, vou baixar em pdf já? ahauahaauah
    Beijos ♥ | Ah! Seu layout tá lidaum, e essa música na side é muito amor ♥ Obrigada por me mostrá-la!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ALOOOOOOOOO! Moça, eu não acredito que eu tenho a cara de pau de responder o seu comentário depois de um mês: bata na minha cara antes que eu mesma faça isso :V aushasuhasuhas'
      SÉRIO? Mano, eu tenho fetiche por Halloween <3! Teve uma época que eu até saí para pedir doces com alguns amigos e foi uma coisa bem retardada, admito.
      OPA, AUTORAS PREEFERIDAS? VEM CÁ, MOÇA, VAMOS CONVERSAR MUITO, MAS MUUUUUUITO MEEEEEESMO <3!
      O Poirot, mano... O que dizer desse fucking personagem que mal conheço e já considero pakas?
      Pois é, dona Agatha adora complicar nossa mente quando se trata de descobrir quem é o culpado. Opa! Acabo de encontrar mais um título para a minha lista de futuras leituras :3.
      Cara, eu não consigo ler em PDF. Sério, eu acho uma coisa tão desconfortável '-'.
      Um beijo, um queijo, um franganote, um senpai que te note e até mais ♡! | Sério? Muita obrigada, moça <3. Concordo. IDFC é aquele tipo de música que, quando você escuta pela primeira vez, pensa: "Por que eu nunca escutei isso antes?".

      Excluir
  3. Oii, tudo bem?
    Bem, livros de suspense e tals não me chamam tanta atenção, mas esse parece ser interessante.
    Adorei o blog, o nome, a descrição, layout, tudo! Amo coisas indie, ai vi um blog com esse nome e já vim ver! E me surpreendi, ótimos conteúdos! Parabéns
    Bjs
    Sentimentos Apurados ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Estou ótima e você, fofa :3?
      Sério? Eu me tornei uma louca por livros de suspense/romance policial esse ano, principalmente se for escrito pela Agatha Christie.
      Vem cá, vamos nos abraçar: adoramos coisas do estilo indie \o/. Obrigado pelos elogios, moça. Sério, me sinto lisonjeado. Adorei o nome do seu blog, é uma graça :3.
      Um beijo, um queijo, um franganote, um senpai que te note e até mais ♡!

      Excluir