segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Texto: Apenas Fatos

Nessa manhã, eu não quis acordar de jeito nenhum. Era final de semana, eu podia dormir até tarde, mas eu decidi levantar da minha cama quentinha e tomar café. "Você precisa tomar café da manhã, é a refeição mais importante do dia", eu já perdi a conta de quantas vezes eu já ouvi isso vindo da minha mãe, mas hoje, ao colocar o pão na chapa, eu lembrei de você. Não, esse você não é minha mãe, esse você é você, entende? Tenho certeza que você demorou anos para ouvir isso, mas ai vai: você estava certo. Foi isso mesmo o que você leu: você estava certo. O por que de você estar certo? Lembra da vez em que você disse "Uma parte de mim está em você"? Pois bem... Você ainda vivo dentro de mim e você invade exatamente tudo o que eu faço. Até mesmo nos meus sonhos! Eu sonho com aqueles nossos momentos felizes, quando nós saíamos por ai, se destino, saindo apenas por sair. Eu não posso nem escutar música que você está lá!
"Every night, I dream you're still here.
The ghost by my side, so perfectle cler,
When I awake, you disappear,
Back to the shadows,
With all I hold, dear..."
O refrão dessa música sempre me lembra você. E eu a escuto o tempo todo, o que faz piorar as suas aparições! Olha... Eu não sei como definir isso, apenas que isso me perturba ao extremo! Eu quero te esquecer, eu realmente quero, de todo o coração. Eu voltaria a ser quem eu era, voltaria a sorrir, voltaria a sair, voltaria a viver, mas você não deixa! Essa sua parte que existe dentro de mim me impede! Sabia que semana passada eu vi você? O meu coração continua a dar aqueles malditos pulinhos quando eu te vejo. Hoje completa uma semana que nós nos separamos e eu reviro incansavelmente todos os fatos para descobrir o que eu diz de errado, mas, até agora, eu não achei a resposta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário